quinta-feira, 29 de maio de 2008

:: Saliência

Essa é do blog do Ancelmo. Alguém resolveu mostrar todo o seu domínio da língua portuguesa e, ao invés de dizer que Gago Coutinho foi um geógrafo de destaque, escreveu essa preciosidade. Fala sério! Nós, geógrafos, já não gozamos de uma reputação muito boa... Aí vem um mané qualquer e mete uma dessas?

5 comentários:

B. Homsi disse...

UHAUHAUHAHUHUAHUAHUAHUHUA

Coitado do Faber e do Gago Coutinho XD
Também, com esse nome, não podíamos esperar algo muito bom, além do fato dele ser geógrafo.. hahahah, brincadeira XD

By the way
Eu te disse, né? o cd da Alanis deve ser lançado dia 3 por aqui. Ela é doida; o FOE vai ser lançado primeiro na Alemanha (dia 1°), depois no resto do mundo (dia 3) e por último nos EUA (dia 10). Doida.

Você tinha perguntado naquele comentário e nem respondi. Tô pensando em fazer Letras, pra UFRJ. Pelo menos por enquanto tenho considerado essa possibilidade.. huahua, vamos ver.

Eduardo M. disse...

É fantástico como as pessoas complicam o fácil.


É legal notar que a rua vai do número 89 até o 89.

cajibrina disse...

falando em gago lembrei dum música do Noel Rosa, Gagop Apaixonado:

Mu-mu-mulher, em mim fi-fizeste um estrago
Eu de nervoso estou-tou fi-ficando gago
Não po-posso com a cru-crueldade da saudade
Que que mal-maldade, vi-vivo sem afago

Tem tem pe-pena deste mo-moribundo
Que que já virou va-va-va-va-ga-gabundo
Só só só só por ter so-so-sofri-frido
Tu tu tu tu tu tu tu tu
Tu tens um co-coração fi-fi-fingido

Mu-mu-mulher, em mim fi-fizeste um estrago
Eu de nervoso estou-tou fi-ficando gago
Não po-posso com a cru-crueldade da saudade
Que que mal-maldade, vi-vivo sem afago

Teu teu co-coração me entregaste
De-de-pois-pois de mim tu to-toma-maste
Tu-tua falsi-si-sidade é pro-profunda
Tu tu tu tu tu tu tu tu
Tu vais fi-fi-ficar corcunda!

Anônimo disse...

Por falar em músicas cajibrina, outro dia ouvir essa música lá no panamá(bar) que tbm fala de gago:

Fui num pagode
Na casa do gago
E o rango demorou sair
Acenava prá ele
Ele mais qui qui qui
Qui qui qui qui qui qui
Guenta aí...(2x)

O pagode foi crescendo
Sob a luz de um lampião
Com cuíca e pandeiro
A moçada batia na mão
A atração da brincadeira
Era a nega do gago sambando
Mas a fome também era negra
Ninguém mais tava aguentando...

E o cara da viola
Deu bobeira e caiu pelo chão
O gago pulava, sorria e gritava
Qui qui qui qui qui
Toma mais um limão...

Toma mais um limão
Qui qui qui qui qui qui
Que você fica bão
Toma mais um limão
Qui qui qui qui qui qui
Que você fica bão
Negão!
Toma mais um limão
Qui qui qui qui qui qui
Que você fica bão
Toma mais um limão
Qui qui qui qui qui qui
Que você fica bão...


Pagode Na Casa Do Gago
Bezerra da Silva
Composição: Indisponível

marcio bonetti disse...

putz...