domingo, 23 de setembro de 2007

:: Um sorriso

Sabe aquele pessoal que prefere dar um presente a receber um? Que prefere elogiar a ser elogiado? Que prefere fazer rir do que achar graça? Durante muito tempo achei que esse pessoal não existia, que era balela, tipinho, da boca pra fora.

Cada segundo dedicado à preparação da surpresa valeu à pena. Bastou aquele primeiro sorriso meio perdido, meio sem chão, meio sem entender. Bastou ele.

Publicado originalmente em 17/09/2007 em um bl0g temporário.

Um comentário:

Thá Teixeira disse...

E aquelas letras de música eram a sua cara!