sexta-feira, 7 de agosto de 2009

:: Gripe suína

Pra mim era exagero. Gripe é gripe, mata e sempre matou e a nova gripe parecia estar matando mais apenas porque estaria tendo atenção da mídia e registros (afinal, quem trata gripe no hospital num país em que a auto-medicação é praxe?).

Aí que rolou uma reunião no Colégio Cruzeiro com a presença de uma representante da Vigilância Sanitária e uma outra, ontem, na ALERJ com técnicos epidemiologistas e representantes do governo. Pra resumir, o papo é o seguinte: a letalidade desta gripe tem se mostrado até 20 vezes superior, contrariando as expectativas iniciais dos epidemiologistas; o pico deve ser registrado nos próximos 15 dias (ou seja: vai piorar); a mídia está noticiando números mascarados (pra menos, muito menos); os 200 dias letivos previstos em lei devem ser relativizados nos estados com epidemia (RJ, SP e RS) por determinação federal na próxima semana; o governador do Rio deve se pronunciar até segunda-feira 17 não mais orientando e sim determinando o fechamento das escolas até segunda ordem; o Enem e demais exames vestibulares deverão ser adiados e estuda-se a possibilidade de as aulas serem retomadas apenas em Setembro.

Então, é isso. Legal, né?

5 comentários:

Marina disse...

eu acho que isso tudo é uma conspiração do governo.. vai atrapalhar os planos de anexação da Bolívia, Faber!

Gaya disse...

Adoro. Como se já não bastasse o novo ENEM de surpresinha na vida dos vestibulandos.

Anônimo disse...

Tám mas e a história da Roché precisa vender os Tamufú lá e tal??? Ce viu isso???

Antônio disse...

é cara, pode atrapalhar o planos de anexação da bolívia... now this is serious!

Rafael disse...

Agora, uns 20 dias depois e deixando seu lado subdensenvolvido dá as caras, o Brasl é o país com maior número de óbitos pela gripe.